"Deus quer, o homem sonha, a obra nasce"

Em formato blogue: uma espécie de álbum, quase livro de ponto(s),  para ir publicando/guardando alguns dos meus trabalhos de linhas e agul...

dezembro 05, 2023

Peixinhos a bailar no mar azul

Toalhinha de banho
gráfico obtido na internet

13 comentários:

  1. Boa noite de paz, querida amiga Fa!
    Que Joaquim seja abencoado!
    Tenha sempre peixinhos azuis a embelezar seus bordados.
    Bjm carinhoso e fraterno de paz e bem

    ResponderEliminar
  2. Que coisa mais linda. Parabéns pelo trabalho!!

    Lugares sombrios, saudáveis...
    Beijos e um excelente dia.

    ResponderEliminar
  3. Anónimo18:23

    Não conhecia esta tua faceta...
    Muito bonito

    ResponderEliminar
  4. E o Joaquim é um menino para que idade? :-) suponho que bebé ...olha ali o Nemo...não é?
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  5. Boa noite Fá,
    Só cheguei agora aqui, mas a tempo de admirar este lindo bordado.
    A Fá tem mãos de fada.
    Parabéns e também pelo Joaquim!
    Beijinhos,
    Ailime

    ResponderEliminar
  6. Outra maravilha! Ficou uma toalha super amorosa!
    Não é ponto cruz, pois não? Eu para este género de trabalhos... nunca se proporcionou enveredar... mas adoro apreciá-los!... Na escola, em Educação Visual, ainda fiz algumas coisas, mas depois... nunca mais calhou!...
    Adorei ver! Os peixinhos fizeram lembrar os desenhos animados do Nemo...
    Beijinhos
    Ana

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É ponto de cruz, sim, Ana.
      Muito obrigada.
      Beijinhos.

      Eliminar
  7. É mesmo ponto cruz... agora é que me deu para ir espreitar a tag... Cabecinha pensadora... ao retardador... a minha!... :-D
    Beijinhos
    Ana

    ResponderEliminar
  8. Tão mimoso, querida Amiga!
    Adorei apreciar.
    Beijinhos
    ~~~

    ResponderEliminar
  9. Jaquimzinhos *,~`)))))))) humor.
    Belo e santo domingo, em harmonia e sorriso, beijinhos.

    ResponderEliminar

«Que não me falte linha para remendar a vida, mas, sobretudo, que não me falte cores para bordá-la.»
(Edna Frigato)
.
Leia pf: Indicações sobre os Comentários